Concurso fotográfico sobre ciência, tecnologia e inovação recebe inscrições

Iniciativa do CNPq vai dar prêmios em dinheiro aos primeiros colocados; inscrições até 18 de janeiro

scarlet-honeyeater-bird-red-feathers
Concurso do CNPq é sobre ambiente natural e antrópico.

23 de novembro de 2018 – Fotografia

Já em sua oitava edição, o Prêmio Fotografia Ciência & Arte convida interessados a apresentarem imagens relacionadas à produção científica brasileira. O concurso vai dar prêmios de até 8 mil reais.  As inscrições são gratuitas e vão até 18 de janeiro.

A disputa é dividida em duas categorias. Na categoria I, valem imagens produzidas com câmeras fotográficas sobre o “ambiente natural e antrópico”. Já imagens realizadas por meio de aparatos especiais, como microscópio, lupa, satélite e ultrassom, devem concorrer na categoria II.

O concurso vai premiar três candidatos por categoria. O primeiro colocado de cada segmento ganha 8 mil reais, o segundo recebe 5 mil reais, e o terceiro, 2 mil.

Podem participar estudantes de graduação e pós, bem como docentes e pesquisadores. Clique aqui para ver as fotografias vencedoras de edições anteriores.

Confira também o edital completo. Para se inscrever, acesse o site da disputa.

Não quer perder nenhuma dica de fotografia? Acesse e curta a fanpage do blog.

 

 

 

Anúncios

As fotografias de Stanley Kubrick: conheça o trabalho que o artista produziu antes de se tornar cineasta

O famoso diretor de cinema foi fotógrafo profissional até 1950 e afirmava que a experiência foi fundamental para sua carreira; confira as fotos

1_BU-dM781mgDUuc-_PY8-9Q
Kubrick e a atriz Faye Emerson, 1950. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.

16 de novembro de 2018 – Fotografia; Cinema

Nem todo mundo sabe, mas o famoso cineasta Stanley Kubrick (1928 – 1999), conhecido por clássicos como “2001: Uma Odisseia no Espaço”, “O Iluminado” e “Laranja Mecânica”, já foi fotógrafo profissional. Ele trabalhou na revista norte-americana Look, que funcionou em Nova York até 1971, entre os anos de 1945 e 1950.

O apreço pela arte surgiu com o pai, Jacques, que era fotógrafo amador. Stanley ganhou a primeira câmera aos 13 anos e aos 17 vendeu sua primeira foto à revista na qual trabalharia mais tarde. A imagem retrata um homem em uma banca de jornais, desolado com a notícia da morte do presidente Roosevelt. Oficialmente, Stanley trabalhou  na Look entre janeiro de 1947 e setembro de 1950.

tumblr_nj1vzzJvuO1sygg4wo7_1280
Mulher no metrô. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.

 

Stanley-Kubrick-fotografo-13
Executivo e profissionais do circo, 1948. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.
378054
O cartunista Peter Arno, 1949. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.

Com ângulos originais e ótimas composições, o artista registrou centenas de cenas do dia a dia da Big Apple, como pessoas nas ruas, no metrô e os bastidores da vida de artistas e boxeadores.

Além da originalidade em algumas das composições, observa-se também o uso dramático de luzes, o emprego do contramergulho e a presença de um estilo noir, o que também pode ser percebido em alguns de seus primeiros filmes, como “A morte passou por perto“.

rocky-graziano-fotografiado-por-stanley-kubrick
Boxeador Rocky Graziano. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.
378059
Garoto engraxate. Stanley Kubrick, photographer, LOOK Magazine Photograph Collection, Library of Congress, Prints & Photographs Division.

Em pouco tempo de atuação profissional, o artista produziu cerca de 15 mil negativos e chegou a declarar que a fase na Look correspondeu à graduação universitária que nunca teve. A experiência foi considerada por ele decisiva para a sua formação. Veja mais fotos aqui.

Na carreira cinematográfica, Stanley Kubrick ficou conhecido pela originalidade e pelo perfeccionismo. É considerado um dos mais aclamados diretores do século XX e um dos mais influentes da história. O artista morreu em 1999, na Inglaterra, em decorrência de um ataque cardíaco.

Não quer perder nenhuma dica de fotografia? Acesse e curta a fanpage do blog.

 

 

 

 

 

 

Concurso fotográfico que oferece viagem ao Marrocos recebe inscrições

Vencedor ganha viagem de 10 dias com tudo pago e aprende com o renomado fotógrafo Richard I’Anson; inscrições até 11 de outubro

qatar-1
De Kelly Beckta, imagem faz parte do ensaio vencedor da versão de 2017 do concurso. Série registra pescadores do Catar em ação.

14 de setembro de 2018 – Fotografia

Nesta edição, a World Nomads Scholarship vai dar uma viagem de dez dias com tudo pago ao Marrocos. Além do passeio, o vencedor vai receber a mentoria do fotógrafo Richard I’Anson. As inscrições vão até 11 de outubro.

Podem participar fotógrafos iniciantes. Para se candidatar, é só enviar um ensaio com cinco imagens sobre alguma viagem realizada. É importante legendar as fotos.

Além disso, é necessário escrever um texto de até 1.500 caracteres explicando por que você deve ser o escolhido e o que significaria para você ganhar a bolsa.

Segundo a página oficial do concurso, vai ser escolhido o fotógrafo que mostrar uma história original e marcante por meio de suas imagens. E, é claro, é preciso demonstrar ótima técnica e criatividade na composição.

Para se inscrever e obter mais informações, clique aqui (em inglês).

Gostou da dica? Então curta o post na fanpage do blog!

 

Instituto Moreira Salles oferece bolsa de fotografia

Interessados em investigar a obra de Marc Ferrez podem concorrer a bolsa de R$30 mil; inscrições até 31 de agosto

001_RiobyFerrez_muitosferrez_1920px-1-1024x550
Panorama parcial do Rio de Janeiro, c. 1885. Marc Ferrez/ Coleção Gilberto Ferrez/ Acervo IMS.

10 de agosto de 2018- Fotografia

O Instituto Moreira Salles está com inscrições abertas para seleção que concede uma bolsa de pesquisa em fotografia. A entidade vai financiar projetos sobre a obra do fotógrafo brasileiro Marc Ferrez. A bolsa tem o valor de trinta mil reais. As inscrições são gratuitas e vão até 31 de agosto.

Interessados devem enviar proposta inédita sobre algum dos seguintes temas: “Ferrovias na obra de Marc Ferrez”, “Marc Ferrez, empresário da imagem” e “Marc Ferrez, anos de formação e início de trajetória (1863-1875)”. Podem participar pessoas com título de mestrado. Estrangeiros precisam residir no Brasil há um ano, no mínimo.

A bolsa concedida ao selecionado é de trinta mil reais, pagos em doze parcelas de R$2.500. As atividades de pesquisa acontecerão no Centro Cultural do Instituto Moreira Salles, no Rio de Janeiro.

Marc Ferrez é considerado um dos pioneiros da fotografia no Brasil. Sua obra, que tem importância histórica, documenta o país, e sobretudo o Rio de Janeiro, da segunda metade do século XIX.

Para mais informações, clique aqui.

 

Exposição na CâmeraSete retrata cotidiano da extinta União Soviética

Humor, sensibilidade e subversão estão presentes nas obras de seis fotógrafos soviéticos que retrataram a região na segundo metade do século XX

180727untitled-00041
Exposição ” A União Soviética através da câmera” fica em cartaz até o dia 13 de outubro em Belo Horizonte. Foto: © Ana Oliveira.

03 de agosto de 2018 – Fotografia

Está em cartaz na CâmeraSete a exposição ” A União Soviética através da câmera” , que reúne obras sobre a segundo metade do século XX na região. A exposição acontece até 13 de outubro. A entrada é gratuita.

O apanhado revela olhares inusitados sobre o que acontecia naquelas terras entre a época de Khrushchev e a dissolução da União Soviética em 1991. Cheias de humor, sarcasmo, criatividade e originalidade, as produções são de seis artistas: Leonid Lazarev, Vladimir Lagrange, Yuri Krivonossov, Viktor Akhlomov, Antanas Sutkus e Vladimir Bogdanov.

A temática é variada, de eventos de cunho político a relances do cotidiano, e as obras se destacam pelo caráter por vezes inusitado e divertido. São, em sua maioria, originais e humanistas. Distanciam-se da estética proposta pelos tempos difíceis do stalinismo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vale a pena notar que, como por muito tempo na União a fotografia foi tida como uma arte menor, foi possível para os fotógrafos afastarem-se um pouco da censura que durante o regime chegou por vezes a acometer outras linguagens, como o cinema. Ainda assim, há fotos que quase causaram a prisão do lituano Antanas Sutkus à época.

No Brasil, a exposição já passou por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Quem curte fotografia e está em Belo Horizonte não pode perder a oportunidade de acompanhar as imagens de perto.

Serviço

A União Soviética através da câmera

Data: até 13 de outubro. Terça a sábado, das 9h30 às 21h

Local: CâmeraSete – Avenida Afonso Pena, 737, Centro, Belo Horizonte.

Entrada gratuita.

Não quer perder nenhuma dica de fotografia? Acesse e curta a fanpage do blog.

 

Inscrições abertas para concurso de fotografia abstrata

Amadores e profissionais podem participar; inscrições até 5 de agosto

abstract-background-beach-355288
Concurso é oportunidade para tirar fotografias abstratas da gaveta e concorrer a prêmios

13 de julho de 2018 – Fotografia

Quem curte fotografia abstrata pode se inscrever no concurso do The Center for Fine Art Photography, cuja convocatória vai até o dia 5 de agosto. Podem participar profissionais e amadores de qualquer nacionalidade.

As imagens selecionadas vão ser divulgadas e compor exposição física e online. Além disso, dois fotógrafos vão receber prêmios em dinheiro. O trabalho escolhido pelo júri vai levar 400 dólares (cerca de R$1.540). Já o artista selecionado pelo diretor da instituição vai ganhar 200 dólares ( R$ 770 aproximadamente).

Para mais informações e para se inscrever, clique aqui (em inglês).

Não quer perder nenhuma dica de fotografia? Acesse e curta a fanpage do blog.

Bolsa para jovens fotógrafos

A bolsa Ian Perry vai premiar estudantes e fotógrafos com menos de 24 anos; inscrições até 28 de julho

vencedor
Devotos na véspera de Eid-i-Milad, o aniversário do profeta Muhammad, no santuário de Hazratbal, em Srinagar. A foto, de autoria de Sharafat Ali, foi vencedora na categoria “realização” da edição passada do concurso.

6 de julho de 2018 – Fotografia

É um jovem fotógrafo e quer aumentar a visibilidade do seu trabalho? A bolsa Ian Perry  vai dar 3.500 libras esterlinas (cerca de R$17,9 mil),  a dois novos talentos. Não há taxa de inscrição. Interessados podem participar até 28 de julho.

Neste ano, a competição conta com duas categorias de prêmios: um voltado à realização de jovens fotógrafos e outro dedicado ao potencial dos concorrentes. Podem participar estudantes que frequentam cursos integrais de fotografia ou fotógrafos de até 24 anos.

Cada vencedor vai ganhar 3.500 libras esterlinas para financiar um projeto fotográfico. Além desse prêmio, o vencedor da categoria “potencial”  vai receber a mentoria do fotógrafo Marcus Bleasdale durante um ano.

Já o vencedor da categoria ” realização ” é automaticamente selecionado para a lista final de nominações do Joop Swart Masterclass, evento da World Press Photo que acontece em Amsterdam.

Os participantes também vão ganhar equipamentos da Canon e ter seus trabalhos exibidos em uma exposição em Londres, bem como na revista Sunday Times.

A bolsa é uma homenagem a Ian Perry, fotojornalista que morreu aos 24 anos durante cobertura da Revolução Romena de 1989.

Para mais informações e para participar, clique aqui (em inglês).

Gostou da dica? Comente o post e deixe sua sugestão para as próximas pautas!