Concurso de universidade dos Estados Unidos dá mil dólares para a melhor fotografia documental

Iniciativa é da Escola de Jornalismo da Universidade de Missouri; inscrições são gratuitas e vão até 28 de abril

05_1-1024x682
Imagem de Gihan Tubbeh, fotógrafa do ano na competição de 2011 do POY Latam.

29 de março de 2019 – Fotografia

Fotógrafos da América Latina, da Espanha, de Portugal e do Caribe têm até o dia 28 de abril para enviar fotografias documentais para o concurso internacional POY Latam 2019, que vai oferecer mil dólares ao fotógrafo ibero-americano do ano. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet.

Cada participante pode enviar até dez candidaturas para as seguintes categorias: vida cotidiana, notícia, retrato, esportes, jovens que expressam a si mesmos, movimentos migratórios, a força das mulheres, o futuro das cidades, meio ambiente, fotógrafo ibero-americano do ano, multimídia, prêmio nosso olhar e melhor livro fotográfico (os nomes das categorias foram traduzidos livremente).

As imagens precisam ser enviadas via Picter, plataforma online de fotografia. Os vencedores de cada categoria vão ser anunciados no dia 11 de maio e vão receber certificado. A iniciativa é da Escola de Jornalismo da Universidade de Missouri.

Para saber mais informações, acesse aqui (em inglês).

Anúncios

Inscrições abertas para concurso de fotografia documental

Competição é voltada para a America Latina; amadores e profissionais podem participar até 31 de agosto

construction-job-labor-38293

17 de agosto de 2018 – Fotografia

A Escuela Nacional Sindical da Colômbia recebe inscrições para o concurso de Fotografia Documental Latino-Americana Los trabajos e los días. Amadores e profissionais podem enviar até 31 de agosto imagens que registram a ação de pessoas realizando uma atividade laboral. Os prêmios chegam a aproximadamente R$ 7.800.

Há cinco categorias gerais para toda a America Latina: “mulheres trabalhadoras”, “crianças trabalhadoras”, “homens trabalhadores”, “trabalhadores migrantes” e “trabalho doméstico e a economia do trabalho”. A categoria “trabalho rural” é especifica para fotógrafos colombianos.

O objetivo da disputa é focar no “fator humano como protagonista fundamental do processo produtivo”. Apenas imagens digitais serão aceitas. As inscrições são gratuitas.

Os vencedores das categorias gerais vão receber mil dólares (cerca de R$ 3.900). Para a categoria “trabalho rural”, o prêmio é de dois mil dólares (aproximadamente R$ 7.800).

Interessados maiores de 14 anos, e de qualquer nacionalidade, podem participar. Cada candidato pode enviar até cinco imagens.

Para mais informações, clique aqui (em espanhol).

Não quer perder nenhuma dica de fotografia? Acesse e curta a fanpage do blog.